segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Esvaziando os Armários de Nossa Vida

Postado por Celeste Maria Cesar Galvão às 07:56


Esvaziando os Armários de Nossa Vida


Todos os anos há um momento em que olhamos nossos armários com um olhar crítico.

Olhamos aquelas roupas que não usamos há tanto tempo.

Aquelas que tiramos do cabide de vez em quando, vestimos, olhamos no espelho, confirmamos mais uma vez que não gostamos e guardamos de volta no armário.

Às vezes tiramos alguma coisa e damos para alguém, mas a maior parte fica lá, guardada sabe-se lá porquê.

Um dia alguém me disse: tudo o que não lhe serve mais e você mantém guardado, só lhe traz energias negativas.

Livre-se de tudo o que não usa e verá como lhe fará bem.

Acontece que nosso armário não é o único lugar da vida onde guardamos coisas que não nos servem mais.

Você tem um armário desses no interior da mente.

Dê uma olhada séria no que anda guardando lá.

Experimente esvaziar e fazer uma limpeza naquilo que não lhe serve mais.

Jogue fora idéias, crenças, maneiras de viver ou experiências que não lhe acrescentam nada e lhe roubam energia.

Faça uma limpeza nas amizades, aqueles amigos cujos interesses não têm mais nada a ver com os seus.

Aproveite e tire de seu "armário" aquelas pessoas negativas, tóxicas, sem entusiasmo, que tentam lhe arrastar para o fundo dos seus próprios poços de tristezas, ressentimentos, mágoas e sofrimento.

A insegurança dessas pessoas faz com que busquem outras para lhes fazer companhia, e lá vai você junto com elas.

Junte-se a pessoas entusiasmadas que o apóiem e apóiem seus sonhos e projetos pessoais e profissionais.

Não espere um momento certo, ou mesmo o final do ano, para fazer essa "faxina interior".

Comece agora e experimente aquele sentimento gostoso de liberdade.

Liberdade de não ter de guardar o que não lhe serve.

Liberdade de experimentar o desapego.

Liberdade de saber que mudou, mudou para melhor, e que só usa as coisas que verdadeiramente lhe servem e fazem bem.

Corrado Spallanzani


Começa a semana e eu já comecei minha limpeza interior e você, topa uma faxina?

Desejo a  quem carinhosamente passa por aqui uma excelente semana...




24 comentários:

Pelos caminhos da vida. on 27 de setembro de 2010 08:04:00 BRT disse...

Faço isso sempre em minha vida.

Que seu dia seja ótimo Cê.

Obrigada pela sua companhia.

beijooo.

Marliborges on 27 de setembro de 2010 09:17:00 BRT disse...

Querida Cê,
Que beleza fazer esse tipo de faxina!!! A gente sempre se sente melhor. No começo é meio difícil, mas depois é ótimo. Faz bastante tempo que aprendi a fazer isso. E gostei. Recomendo. Bjsssss

Misturação - Ana Karla on 27 de setembro de 2010 09:31:00 BRT disse...

Já estou topando Cê!
Aliás, é importante que façamos sempre essa limpeza, né?

Boa semana

Xeros

Tati Pastorello on 27 de setembro de 2010 10:16:00 BRT disse...

Oi Cê, estou neste processo de faxina faz um tempinho, por enquanto estou sacudindo pó e tirando tanta coisa do lugar, que a sensação de bagunça é inevitável, sei que em breve tudo entrará numa nova ordem, aguardo por isso! Esta fase faxina mental é uma loucura! hehehe
Mas é bom também, né?
Adorei o texto!
Beijos.

Irene Moreira on 27 de setembro de 2010 12:44:00 BRT disse...

Querida Cê

Você lembrou muito bem tenho que fazer a limpeza não só do meu armário de roupas, mas do lado pessoas, preciso renovar, rever.

Obrigado pela sua amizade.

Beijos

Manuela Freitas on 27 de setembro de 2010 12:49:00 BRT disse...

Olá querida Cê,
Boas sugestões! Mas ser radical às vezes custa! Relativamente à roupa, por isso como vc diz alguma coisa vai ficando, sabe-se lá porque razão e relativamente ao que está na nossa cabecinha, vai-se dando mais uma chance, só quando chega ao ponto do arrebenta é que se tem coragem para tomar um atitude radical.
Beijinhos,
Manú

Cadinho RoCo on 27 de setembro de 2010 16:51:00 BRT disse...

Sempre é tempo de limpeza em nossas vidas.
Cadinho RoCo

Dama de Cinzas on 27 de setembro de 2010 18:35:00 BRT disse...

Adorei o texto! Eu tenho mesmo um armário interno que volta e meia precisa de uma faxina. Acho que estou num desses momentos...

Beijocas

Fernanda Reali on 27 de setembro de 2010 19:48:00 BRT disse...

Post útil para acordar as pessoas que submergem no entulho emocional. Eu faço faxinas semanais na minha vida toda, não guardo nada que não queira usar.

beijooo

Fernanda Reali on 27 de setembro de 2010 19:48:00 BRT disse...

Post útil para acordar as pessoas que submergem no entulho emocional. Eu faço faxinas semanais na minha vida toda, não guardo nada que não queira usar.

beijooo

diariodumapsi on 27 de setembro de 2010 20:16:00 BRT disse...

Ei Cê
Bela mensagem! Principalmente a parte da faxina dos amigos negativos, quem precisa de gente que nos coloca para baixo,né? Eu fujo deles!
Que sua semana seja maravilhosa!
Gd beijo

Paula Marina on 27 de setembro de 2010 21:12:00 BRT disse...

melhor ainda é pegar essas roupas que nao querems mais e dar pra quem precisa, podemos fazer alguém feliz com isso.
Mas levando pra nossas vidas, as vezes realmente faz bem revirar as gavetas interiores e jogar fora toda tranqueira...

bjusssss

Dama de Cinzas on 27 de setembro de 2010 21:15:00 BRT disse...

Oi Cê! Quero que me ensine sim como deixa o vídeo do tamanho do post, mas já aviso que sou burra pra informática... eheheh... Escreve pra mim pro damadecinzas@gmail.com

Obrigad!

Beijocas

@Flafli on 27 de setembro de 2010 21:29:00 BRT disse...

Oi Cê!
A faxina mais difícil é essa interior... nossa! Qta coisa a gente guarda, né?!

Só de ler seu post já me entusiasmei a repensar em algumas coisas!

Beijo grande e boa semana pra vc!

Zé Carlos on 27 de setembro de 2010 22:06:00 BRT disse...

Ce querida, que bom te encontrar novamente.... seu amigo antigo, Zé Carlos, beijos e saudade.....

GIL on 27 de setembro de 2010 22:43:00 BRT disse...

Peguei o selinho tá, eu demoro mas chego aqui.....beijo grandão....e boa semana a vc....Gil

@Flafli on 27 de setembro de 2010 22:44:00 BRT disse...

Oi Cê... só passei aqui de novo pq li sua msg no meu post... muito obrigada!!! E... pior que é verdade! A história não é ficção...
bjus!
Boa noite!

Giardia on 27 de setembro de 2010 23:01:00 BRT disse...

Lindo este texto que já reli umas quantas vezes...

Minha Querida, talvez a chuva te traga de novo á nossa companhia!

Beijos

Beth/Lilás on 27 de setembro de 2010 23:30:00 BRT disse...

Oi, Cê querida!
Sabe, faço sempre isso, tanto nos armários de roupas, quanto nos da minha alma, gosto do novo, gosto de me livrar de coisas sem uso e que só empaca nosso desenvolvimento.
Há tempos fiz um post parecido com este, mas falei das gavetas fechadas.
Muito bom esse texto também, adorei!
bjs cariocas

Denise Lopes on 28 de setembro de 2010 02:00:00 BRT disse...

Oi Cê que saudade...essa faxina são necessárias demais...devemos cuidar de nossa vida por dentro e por fora...beijos

António Rosa on 28 de setembro de 2010 03:46:00 BRT disse...



Essa faxina é necessária. Cuidar de nós, é sempre o mais importante. Lindo post. Obrigado. Beijo.

Cantinho She on 28 de setembro de 2010 18:28:00 BRT disse...

Sensacional!

Beijo, beijo!
She

Elza Magna on 28 de setembro de 2010 20:01:00 BRT disse...

Meu caos doméstico é tão grande, Cê, que minhas faxinas se resumem a me livrar de caixas, sacolas e envelopes cujo conteúdo nem preciso verificar antes de jogar fora. São coisas que ficam ali meses sem que eu deles necessite. Sempre que faço isso o resultado é imediato: minha cabeça e minhas emoções ficam mais arrumadinhas. Daí que nem preciso analisar os entulhos que possam existir na minha vida extradomiciliar. Junto com as tranqueiras de casa vão para o lixo situações e pessoas que me atravancam a vida. Não me pergunte como, mas eu sei que vão... rsrs

Beijos

BATE POEIRA on 30 de setembro de 2010 21:32:00 BRT disse...

Todos deveriam fazer isto. Muitos se prendem ao passado, ao apego por bens materiais ou sentimentos incrustados na raiz da mente e do coração. Certos alivios da vida, só vem com uma nova definição na vida e no pensamento. Novos pensamentos e atitudes renovam a vida.
Parabéns pelo conteúdo do blog.

Abçs

 

Cantinho da Cê Copyright © 2010 Template adaptado por Elis (Coisas de Lily)