quarta-feira, 3 de novembro de 2010

12 horas para salvar Sakineh‏

Postado por Celeste Maria Cesar Galvão às 15:17
 Repasso neste blog, e-mail recebido do Avaaz.org

Caros amigos,


Hoje, Sakineh Ashtiani poderá ser morta pelas autoridades iranianas. Já a salvamos do apedrejamento e agora temos 12 horas para conseguir que as principais autoridades do mundo se mobilizem com urgência para impedir esse vergonhoso assassinato.
Hoje, Sakineh Ashtiani poderá ser executada pelo Irã.

Nosso protesto mundial impediu que Sakineh fosse apedrejada injustamente em julho. Agora temos 12 horas para salvar a vida dela.

Os aliados do Irã e as principais autoridades da ONU são nossa maior esperança: eles podem convencer o Irã do sério custo político desse assassinato de uma figura com alta exposição na mídia. Clique no link abaixo para enviar a eles um pedido urgente de mobilização e encaminhar este e-mail a todo o mundo. Você só gastará três minutos. A última esperança de Sakineh somos nós

http://www.avaaz.org/po/24h_to_save_sakineh/?vl

O caso de adultério de Sakineh é um trágico embuste cheio de violações de direitos humanos. Primeiro, ela foi condenada à morte por apedrejamento. Porém, o governo iraniano teve de anular a sentença depois que os filhos dela conseguiram gerar um enorme protesto contra aquele julgamento ridículo; Sakineh não domina a linguagem usada nos tribunais e os alegados incidentes de adultério aconteceram após a morte do marido dela.

Em seguida, o advogado dela foi forçado a se exilar e a acusação conseguiu inventar uma nova queixa falsa que justificaria a morte de Sakineh: o assassinato do marido dela. Apesar de isso configurar um caso de “non bis in idem” (dois julgamentos pelo mesmo crime), pois ela já está cumprindo pena por suposta cumplicidade nesse crime, Sakineh foi torturada e exibida em rede de televisão nacional para “confessar” e acabou sendo julgada culpada. O regime já prendeu dois jornalistas alemães, o advogado e o filho de Sakineh, que tem corajosamente liderado a campanha internacional para salvar a mãe. Todos continuam na prisão. O filho e advogado de Sakineh também têm sido torturados e estão sem acesso a advogados.

Agora, ativistas de direitos humanos iranianos afirmam que acaba de ser emitido um mandado de Teerã para executar Sakineh imediatamente. Ela está na lista e hoje é o dia da execução.

Campanhas persistentes fizeram o Irã anular a sentença de apedrejamento de Sakineh e atraíram a atenção de dirigentes de países que exercem influência sobre o Irã, como a Turquia e o Brasil. Agora, vamos todos erguer nossas vozes com urgência para impedir que Sakineh seja executada e sofra tratamento desumano e para libertar a própria Sakineh, seu filho e advogado e os jornalistas alemães. Envie uma mensagem para divulgar este pedido de emergência com amigos e familiares:

http://www.avaaz.org/po/24h_to_save_sakineh/?vl

Um grande protesto público tem a autoridade moral para impedir crimes atrozes. Vamos usar as 12 horas que temos para enviar uma mensagem clara: o mundo está de olho no Irã e todos estamos unidos para salvar a vida de Sakineh e contra a injustiça em qualquer lugar do mundo.

Com esperança e determinação,

Alice, Stephanie, Pascal, Giulia, Benjamin e toda a equipe da Avaaz

Fontes:

Organizações temem execução de Sakineh Ashtiani nesta quarta-feira, AFP:
http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5hKeUcofAZUuU7jumgbIj6xIIgarA?docId=CNG.b4d828da13a9ab0acfb00f889198ac56.211

Itamaraty aguarda confirmação de notícia sobre execução da iraniana Sakineh Ashtiani, O Globo:
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/11/02/itamaraty-aguarda-confirmacao-de-noticia-sobre-execucao-da-iraniana-sakineh-ashtiani-922928036.asp

----

The Islamic regime of Iran plans to execute Sakineh Mohammadi Ashtiani immediately< br> http://stopstonningnow.com/wpress/4194

Sakineh Mohammadi Ashtiani: A life in the Balance (Amnesty International)
http://www.amnesty.org/en/library/asset/MDE13/089/2010/en/589bd56b-49ac-4028-8dc6-abd903ac9bac/mde130892010en.pdf






A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 5,6 milhões de pessoas
que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 13 países de 4 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.

11 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS on 3 de novembro de 2010 15:24:00 BRST disse...

Espero que ela se salve. Se não for possível... que a sua próxima vida seja menos atribulada!

Minéia Pacheco on 3 de novembro de 2010 15:29:00 BRST disse...

Olá Cê,

Também já fiz minha divulgação via e-mail, espero que tenhamos sucesso e que mais uma vez possamos evitar que ela seja apedrejada.

Quanta maldade existe nesse mundo!

Fica em paz, beijos!

Lola on 3 de novembro de 2010 15:47:00 BRST disse...

oi Cê!

Eu já tinha visto um post como o seu lá no blog do Alê, Lost in Japan, e nem consegui comentar. Sem palavras ainda. Triste.
Bjs

Nilce on 3 de novembro de 2010 15:51:00 BRST disse...

Segundo o que ouvi na TV, a execução foi suspensa. Ninguém sabe direito o que vai acontecer.

Bjs no coração!

Nilce

diariodumapsi on 3 de novembro de 2010 20:00:00 BRST disse...

Ei Cê!
Também postei sobre esse assunto.
Estamos juntos nessa luta.
Gdbeijo

Tatiana on 3 de novembro de 2010 20:10:00 BRST disse...

É isso aí Cê!! O negocio é divulgar!!
Bjs.

Valéria Russo on 3 de novembro de 2010 21:19:00 BRST disse...

CÊ..
também entrei nessa campanha, por falta de tempo só pude agir agora...
não entrei antes na internet..
tomara que de tempo de ajudarmos.
bjuivos no seu coração.
que tenhamos dias melhores e mais justos no mundo.
loba.

Ronda on 4 de novembro de 2010 00:28:00 BRST disse...

Oi Cê,
É uma situação que causa mesmo muita indignação. A forma diferenciada como se tratam homens e mulheres não tem cabimento. Sakineh não é a única, muitas outras foram executadas de forma silenciosa.
Abraços!!

Misturação - Ana Karla on 5 de novembro de 2010 11:18:00 BRST disse...

Bom dia Cê!
Passei pra desejar-lhe um bom final de semana.
xeros

Lúcia Soares on 5 de novembro de 2010 12:20:00 BRST disse...

Cê, para mim essa história ´´e tão absurda, tão sem sentido, tão desumana, que nem sei o que dizer.
Ninguém pode ser morta por usar sua vida como quiser. Os homens não têm direito à justiça cega, como se fossem deuses. Deus proteja essa mulher!

Cê, obrigada por seu carinho na hora em que precisei. Amigo é assim. Aparece quando precisamos. Beijos!

Edna Santos on 5 de novembro de 2010 23:33:00 BRST disse...

Cê,
Nem sei o que dizer quanto a este absurdo da Sakineh. Sinto um misto de indignação, impotência e revolta.
E torço pra que todos juntos consigam reverter isto.
Ahh, pelo jeito vc foi mordida pelo bichinho dos trabalhos manuais.
Divirta-se
Ate a próxima
Edna Santos

 

Cantinho da Cê Copyright © 2010 Template adaptado por Elis (Coisas de Lily)